Relatos Série Delta Etapa Índia RJ

A 1ª etapa da Série Delta Aconteceu no dia 7 de abril no aterro do Flamengo e o colaborador do Corrida Urbana, Edson Cabral e a ganhadora da promoção Dori Lemos enviaram seus relatos sobre o evento.

Relato Dori Lemos

Ganhadora da promoção: Dori Lemos. Foto: Arquivo pessoal

Confesso que participei desse evento meio receosa. Não sabia qual era dessa corrida.
Como ganhei a inscrição no sorteio do Blog Corrida Urbana fui ,para ver qual era dessa prova.

Já na véspera da prova, aquele meu pré-conceito já começava a cair por terra. Gostaria de parabenizar aos organizadores pela excelente prova.

Abaixo ítens positivos e alguns negativos que eu considero como uma crítica construtiva:

Pontos Positivos

Entrega dos kits – excelente atendimento, sem filas nem burocracia, pessoal super atencioso. Atendimento muito rápido;
Dia da prova: Entrega dos chips super tranquilo;
Guarda-volume: Funcionou muito bem com pessoas super ágeis, não deixando formar fila, tanto na entrega quando na retirada dos volumes. A interação entre as pessoas(staff) muito boa;
Aquecimento antes da largada: Show, parabéns a pessoa que comandava, contagiou a todos. Muito bom;
Largada: Pontualmente às 08:00;
Hidratação: Excelente, com água gelada à vontade, sem aquele famoso empurra empurra para se conseguir um copinho de água quente como em outras corridas kkkk heheh. Postos bem distribuídos ao longo do percurso;
Chegada: Linda medalha;
Lanche: Com frutas de boa qualidade e isotônico gelado (Entrega sem tumulto).

Pontos negativos que como já disse anteriormente, é mais uma crítica construtiva.

Por que não utilizar chip descartável? Essa de ter que se abaixar após a corrida para retirar e entregar o chip já está ultrapassado;
Por que a entrega dos kits ser tão Longe? Não seria mais fácil a entrega ser no local da prova, já que a estrutura já está toda montada. Fica mais centralizado para as pessoas que já vem de longe;
As mangas da camiseta feminina deveriam ser um pouquinho mais compridas. A manga estava tão curtinha que pareciam sobras de pano, daí resultou nessas tirinhas de manga.

Acredito que mais ou menos umas 3.000 pessoas participaram dessa prova. Infelizmente só não encheu mais, em decorrência da Golden Four Asics ter sido no mesmo dia e dividiu muito o público.

Se a organizadora der continuidade para as próximas etapas a partir desse patamar, essa Corrida tem tudo para fincar e marcar lugar aqui no Rio de Janeiro.

Em tempo, adorei os painéis, lindos demais, aproveitei cada um deles para aquelas fotinhas básicas de cada corrida.

Em síntese, adorei, curti cada km da prova e recomendo, e com certeza se Deus quiser e ele quer, irei partipar da próxima etapa.

Relato Edson Cabral

Edson e família com o Rodolfo também ganhador da promoção. Foto: Arquivo pessoal

Prova com cara das provas do circuito Adidas com a seguinte diferença: nº de participantes, cerca de 3,5Mil.

Percurso: um pouco diferente com relação ao normal. Estava ocorrendo a troca da guarda no monumento aos mortos da segunda guerra. A largada foi feita bem mais afastada do habitual e o sentido foi o contrário com uma perna mais longa para a volta.

Hidratação: melhor até hoje já vista pela organização da O2,os carrinho de hidradação ficaram cerca de 3 metros afastados do paralelepipedo fazendo então 4 corredores ou seja antes os carrinhos ficavam no canto e tinhamos somente duas opções frontais para o tal e desta vez como os carrinhos foram mais pro centro da pista, ela não se afunilou e a dinâmica foi bem melhor, tomara que continue.

 

1 Comentário

Deixe seu comentário