O que comer no dia da corrida?

Por Vanessa Mayer.

A gente já viu o que comer na noite pré prova. Mas, e no dia? O que comer?

Fonte: Google
Fonte: Google

Treine seu estômago

Uma recomendação minha é se adaptar a fazer a refeição pré treino pelo menos 1 hora antes. Assim, você pode comer uma quantidade maior de alimentos e fazer uma reposição de carboidrato mais eficiente, já que passou as horas de sono em completo jejum. Se possível, se programe para fazer essa refeição com duas horas de antecedência, pois, dessa forma, você ainda pode ir ao banheiro antes da prova. Acredite, o intestino pode ser condicionado pela sua mente. Habitue-se a alimentar-se com antecedência e dar tempo ao intestino para funcionar, ninguém quer sentir dor de barriga na prova.

Não fique muito tempo sem comer

Se você mora muito longe da prova e tem que se alimentar com 3/4 horas de antecedência irá necessitar de um carboidrato de rápida absorção uns 20-30 minutos antes da largada, como gel de carboidrato, mel, bisnaguinha ou banana, por exemplo. Converse com seu(ua) nutricionista.

Imagem: Google
Imagem: Google

Na refeição logo antes de um treino/prova devemos comer fontes de carboidratos simples e/ou complexos, depende do tempo que seu corpo terá para digerir isso antes de você, de fato, começar a correr. Quando dispomos de um tempo maior (mínimo de 60 minutos), podemos usar pães e biscoitos integrais/aveia/tapioca com farinha de chia (complexos) com fontes proteicas sem muita gordura (cottage, ricota, requeijão light, iogurte desnatado, etc) aliados a carboidratos de mais rápida absorção, como geleia de frutas, sucos e frutas como banana, por exemplo.

Imagem: Google
Imagem: Google

Adendo da nutri 1

“Vanessa, eu sou intolerante a lactose. Que fontes proteicas posso usar nesse hora?”. Hoje em dia temos leites, iogurtes e queijos “lacfree” no mercado, mas você também pode usar tofu, leite/iogurte de soja, peito/blanquet de peru.

Adendo da nutri 2

Não recomendo frutas potencialmente laxativas, como mamão e ameixa, por exemplo. Não preciso nem dizer o motivo, né?

Está sem tempo?

Se o tempo for curto, até 30 minutos antes, use frutas com mel, sucos, pão branco com geleia de frutas, ou seja, priorize o carboidrato que será rapidamente absorvido pelo seu corpo e fornecerá energia logo.

Hidrate-se bem

Além da comida, atente-se à hidratação. Tente ingerir em torno de 500ml de água durante as 2 horas que antecedem a prova. Cuidado com bebidas ricas em cafeína no desjejum. Por serem diuréticas, podem fazer você ter muita vontade de urinar durante o percurso, fazendo com que tenha que se ausentar da prova por alguns minutos.

Não invente nada!

Em hipótese alguma tente comer algo diferente do habitual nesse momento. Teste diferentes cafés da manhã durante os treinos e veja qual tem o melhor resultado para você. Na véspera da prova, programe-se. Veja se você tem os alimentos com os quais está acostumado em casa para não ter que fazer um desjejum surpresa!

Alimente-se bem sempre

Lembre-se que a alimentação deve ser balanceada sempre e não somente no café da manhã pré prova. Se você não vem se hidratando direito ou comeu muita gordura na noite anterior, por exemplo, pode ter queda de desempenho na prova ou até passar mal, com tonturas e desconfortos gástricos. Não se sabote. 😉

vanessa_mayer_nutricionista

2 Comentários

Deixe seu comentário