O bom e velho atletismo da Jamaica

Mais uma vez, ele entrou na briga dos 100 m em um Campeonato Mundial de Atletismo para se consagrar campeão. Mostrou que é ainda o homem mais rápido do mundo e também o mais carismático do mundo, já que o público não parava de vibrar por ele. Acostumado, Bolt era o simpático de sempre. No Ninho de Pássaro, em Pequim, o jamaicano venceu Justin Gatlin ao cravar 9s79, deixando o americano com a prata. Implacável e seguro de si, Bolt provou novamente que polêmicas são vencidas dentro da pista…

Para continuar lendo este post, acesse: Donas do Asfalto.

 

Este post foi originalmente publicado por nosso parceiro: Donas do Asfalto. As informações e opiniões emitidas nele são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Corrida Urbana.

Deixe seu comentário