A Primeira é Inesquecível

Etapa Brasília – 06/11/2011

Minha primeira participação em uma corrida de rua aconteceu na capital federal, Brasília. No fim de outubro meus colegas de trabalho e eu fomos para um mês de trainamento da nossa nova empresa. Como não conhecia nada da cidade me matriculei em uma academia perto do hotel onde estava hospedado, academia bem equipada com variedade de equipamentos e aulas. Foi nessa estadia que conheci o spinning, uma espécie de tortura em cima de uma bicicleta, as primeiras aulas foram sofridas, mas depois dava para perceber os benefícios adquiridos.
Eu já vinha treinando corrida na esteira há um tempo, não lembro ao certo, era um pouco de treino bumerangue (vai e volta). Sempre tive vontade de participar de uma corrida de rua, mas nunca tinha tido oportunidade.
Fiquei sabendo desta etapa da corrida da caixa por um anúncio no shopping, foi então que decidir participar, fizemos a inscrição eu e um colega, o Filipe. Faltando pouco mais de duas semanas para a prova aumentei o treinamento na esteira, mas continuava completamente verde em treinamento na rua. Cheguei a tentar um treino no belo Parque da Cidade, mas sem muito sucesso, cansava rápido.
Mesmo sabendo da falta de preparo para correr na rua, os treinamentos na esteira estavam bons para mim, cerca de 5k em menos de 30 minutos, não tinha ideia o que seria um tempo bom. Decidi procurar para saber quanto um atleta de ponta costuma fazer, fiquei pasmo, menos de 15 minutos, era algo inacreditável.
Chegando o dia da corrida, acordamos cedo, pegamos um táxi e fomos para o local da prova, um ambiente totalmente desconhecido, retiramos o chip, descobrimos como prendê-los, muita inexperiência, fizemos o alongamento ministrado por um instrutor do evento e fomos para a largada, bem no final da fila sem qualquer pretensão.
Dada a largada seguimos pelo pórtico lentamente junto com os outros competidores, quando a aglomeração se dispersou começamos a trotar, nossa intenção era completar a prova, nada mais. Víamos corredores de todas as idades, muitos senhores parecendo adolescentes, voando. A falta de preparo era clara, as placas que marcavam a quilometram nunca chegavam, a de 2k parecia que estava a 50k de nós, mas mantivemos o ritmo, acabei me distanciando do Filipe, a organização da prova estava excelente, a hidratação perfeita, depois do quilômetro 4 as pernas não funcionavam mais, muitos corredores da elite dos 10k passavam literalmente voando por mim, fiquei impressionado. Continuei firme e terminei meus primeiros 5k em 28 minutos e 40 segundos.
A alegria de terminar a prova é indescritível, para muitos pode parecer fácil ou sem importância, mas a sensação de conquista é enorme, talvez tão feliz quanto o primeiro colocado. Naquele dia decidi que aquele seria meu principal esporte, pela praticidade de praticá-lo e pelas metas e resultados que vão sendo alcançados com cada treino e prova.
Espero que tenham gostado do meu relato sobre minha primeira prova. Abraços!

Deixe seu comentário