1 mês para a Mizuno Uphill Marathon‏

A um mês da Mizuno Uphill, as cidades que fazem parte da Serra do Rio do Rastro começam a registrar temperaturas baixas, conforme a expectativa da maioria dos 600 atletas que no dia 1º de agosto vão largar para um dos maiores desafios de suas vidas, a Mizuno Uphill Marathon. A cidade da chegada, Bom Jardim da Serra, por exemplo, teve temperatura negativa em junho.

Maragni_0231_1730

Para os corredores, é hora da reta final para os treinamentos. Alguns grupos têm organizado por vários pontos do Brasil treinamentos que simulam a prova. Bernardo Fonseca, diretor comercial da X3M Sports Business e organizador do evento, tem muita experiência nesse tipo de treinamento e disputa. Das 10 corridas consideradas mais difíceis do planeta, ele participou de três: Everest, Antártida e Saara. E venceu as duas primeiras. Em sua avaliação, quem já fez muita rodagem no início deve focar mais no treinamento específico de subidas, com tiros longos. “E para quem já fez subidas, sugiro os treinos de tiros, também em subida. Acho ainda que até 15 dias antes da prova os longões são válidos”. Bernardo é enfático em relação ao descanso a partir de uma semana antes da prova.

Maragni_0260_3553

Entre as novidades deste ano estão a largada às 16h30, com chegada noturna e trajeto pela serra iluminada, e a participação de 600 pessoas, dobrando o número de inscritos de 2014. O percurso da edição de 2015, a terceira da história, será o mesmo das provas passadas, com 42,195 km: largada na cidade de Treviso, em Santa Catarina, passagem por Lauro Müller e chegada em Bom Jardim da Serra, a 1.418 metros de altitude. O tempo limite para completar a prova permanece em 6 horas.

A Expo será realizada em dois dias, na sexta (31 de julho), das 14h às 22h, e no sábado (1º de agosto), das 9h às 16h, no ginásio Clovis Bernardini, em Treviso. Já a estrutura da chegada será num espaço exclusivo, com segurança, climatização e proteção contra o vento e chuva, além de cenografia.

Texto: Divulgação

Deixe seu comentário